2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008

Como estimar a incerteza no declive a partir do coeficiente de Pearson?

Authors: M. Ramos Silva, Pablo Martín-Ramos, Pedro Sidónio da Silva

Ref.: Gazeta da Física 39, 13 (2016)

Abstract: A Física é uma ciência experimental: todos os conceitos físicos têm de ser verificados experimentalmente antes de os aceitarmos como leis da natureza. No estudo dessas leis, das mais simples às mais complexas, queremos muitas vezes determinar como uma quantidade que estamos a medir depende de outra. Muitas vezes essa dependência é linear ou pode ser linearizada, como por exemplo, a variação do período de um pêndulo com o comprimento de um fio, da diferença de potencial aos terminais de uma resistência com a corrente elétrica que a percorre, da temperatura crítica de um supercondutor com o campo magnético aplicado, do número de partículas alfa que volta para trás ao atingir uma folha de ouro em função da espessura dessa folha, da energia cinética máxima de fotoeletrões em função da frequência de luz incidente em superfícies metálicas, etc.

DOI: http://www.spf.pt/magazines/gfis/121