2020 | 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008

Crosta das Estrelas de Neutrões: Efeitos da Rotação e de Campos Magnéticos Intensos

Authors: Ivo Sengo

Supervisors: Constança Providência; Helena Pais

MSc thesis, (2019)

Abstract: Estrelas de neutrões constituem uma área de estudo fascinante, não apenas pelas in-úmeras incógnitas em torno da sua composição interna, mas também por protagonizaremalguns dos fenómenos astrofísicos mais misteriosos que se observa. Fenómenos extremostais como mudanças bruscas no frequência de rotação, glitches, e as erupções expon-tâneas de enormes quantidades de energia, flares, acreditam-se estar associados à regiãoda crosta das estrelas de neutrões. Estrelas de neutrões possuem campos magnéticosintensos e podem exibir frequências de rotação extremamente altas. Estes dois atributosfazem com que certas considerações de simetria, deixem de ser válidas, o que exige umtratamento que tenha em consideração todas as particularidades da relatividade geral.Neste trabalho pretende-se estudar os efeitos da rotação e de campos magnéticos intensosnas propriedades da crosta de estrelas de neutrões. Para isso recorremos à biblioteca ,em código aberto, de relatividade numérica LORENE.É sabido que, devido aos efeitos de campos magnéticos intensos, a transição da regiãoda crosta para o núcleo é marcada por uma zona intermédia onde coexiste matériaestável e instável, à que nós chamamos de crosta alargada. Neste trabalho pretendemosperceber de que forma esta região se relaciona com as propriedades globais da estrela, ede que forma depende dos parâmetros da equação de estado. Em particular, pretendemosaveriguar se a crosta, incluindo a região alargada, contém a zona onde a força de Lorenzmuda de sinal. Para além disso, pretendemos verificar se o máximo da força de Lorenzocorre na região da crosta. Acreditamos que ao responder à estas perguntas, poder-se-ãoelucidar alguns aspectos relativas aos fenómenos extremos típicos da crosta.